Rádio Embalos Anos 80 – Som dos  Anos – 70 80 90

menu x
menu x

NOTÍCIAS

Em dois meses, Itajubá desembolsou quase R$ 1,5 milhão sem licitação

Dados de ordens de compra publicadas no Diário Oficial de Itajubá mostram que desde o início do Decreto de Calamidade pública, em 6 de abril, a cidade já gastou quase R$ 1,5 milhão sem licitação. Por conta da medida, tomada devido à pandemia do novo coronavírus, o Executivo tem a permissão de gastar sem abrir processo licitatório. Com essa permissão, a prefeitura já desembolsou R$ 1.472.381,50.

Nas informações disponibilizadas pela prefeitura, chama a atenção o gasto com máscaras, que chega a quase R$ 500 mil. Ao todo, a prefeitura gastou R$ 480 mil para adquirir pouco mais de 157 mil máscaras ao longo dos últimos dois meses.

O valor gasto com o equipamento de proteção é maior que o gasto com as seis mil toucas cirúrgicas compradas pela prefeitura, que foram adquiridas a R$ 1 mil e as 36 mil luvas de proteção, que custaram apenas R$ 10,6 mil.

Além disso, a prefeitura utilizou do dinheiro público para comprar, sem licitação, um total de 27.600 aventais ao custo de R$ 261 mil. O valor gasto é maior que o utilizado para adquirir os 500 testes no mês de maio, que custaram R$ 55 mil aos cofres públicos.

Os dados apontam que o gasto com máscaras foi 4.428% maior que o valor empenhado na compra de luvas, por exemplo. Com relação ao valor utilizado pela prefeitura de Itajubá para a compra de toucas, é 44.344% mais alto. Com relação à compra de aventais, 84% maior. E, comparando ao gasto com a obtenção de testes para pacientes com suspeita de covid-19, 772% mais alto.

Dentre o gasto milionário, há também a contratação de produção de vídeos institucionais a R$ 65 mil e pouco mais de R$ 25 mil para a instalação de totens com álcool em gel pela cidade. Todo esse valor está sendo desembolsado em meio a retração econômica, que diminuiu a arrecadação do município em 40% desde o início da pandemia, segundo declarações recentes do prefeito Rodrigo Riera (MDB).

FONTE: DIÁRIO DE ITAJUBÁ

PUBLICIDADE

b7